Mãe e filho de mãos dadas trilhando os caminhos do autismo/asperger.
Numa partilha intimista e de coração aberto em sonhos e desalentos, numa vida vivida...
Ter um filho asperger não é o fim do mundo, mas o princípio de uma nova vida...
Valorizando os afectos...

sábado, 19 de junho de 2010

Pequenas conquistas!...Grandes vitórias!...

A autonomia, e a consequente iniciativa,são normalmente grandes entraves, a uma integração desejável...
Por isso cada pequena conquista, tornasse uma vitória!...
E toda a vida este nosso "menino" homem, precisa de estimulo e de aprovação, para fazer as coisas!...
O medo é também uma barreira que o condiciona muito, por isso algo onde tenha de usar objectos cortantes é logo à partida afastado.
Tarefas que fazem parte da higiene pessoal, onde sejam necessárias, essas ferramentas.
São executadas, pelo pai ou pela mãe..
Fazer a barba( pai),embora algumas vezes toque à mãe xD
Cortar as unhas dos pés (mãe). Porque as das mãos por incrível que pareça é ele que corta com o corta unhas e tão rentes como se fossem roídas,(hábito que ele teve durante muitos anos), o corta unhas nunca é dispensado, vá para onde for tem de o levar, porque nem uma pele pode estar a sobressair.
Há dias surpreendeu-me, que ele normalmente não pede as coisas directamente.
Faz sondagens rsss, e diz as unhas dos pés estão grandes.
É costume a mãe ir logo cortar, mas naquele dia não fui!...
Boa o meu "menino" corto-as ele próprio (porque havia uma que lhe estava a doer)
No outro dia a indirecta era para o pai, pegou na gillete, veio ter com ele e diz-lhe: a barba está grande ahahah
O pai no intervalo lá foi desfazer-lha.
Mas p´ra próxima vamos insistir com ele!...
Nem que seja com a máquina, e que ande repetir dezenas de vezes que está grande, vamos ter que resistir...(já a fez algumas vezes com a máquina)
Porque é mais rápido e mais fácil ser mos nós a faze-lo...
Muitas vezes somos nós pais que temos a máxima culpa.

6 comentários:

Mrs_Noris disse...

Verdade!
A culpa é de quem lhes facilita a vida. Maus hábitos.
:)

Fê-blue bird disse...

A amiga disse uma grande verdade.
Eu também tenho esse hábito de fazer as coisas porque é mais rápido, resultado faço tudo lol
E também corto as unhas dos pés aos meus filhos ;-)

Bom fim de semana e beijinhos aos dois

Mina disse...

Noris
Nós só queremos facilitar!...
E estas estratégias devem ser implementadas ainda em pequenos, para eles interiorizarem.
Que nada é mais facíl que encontrarem as coisas feitas.
Tenho andado a insistir para ele desfazer a barba e nada, muda de conversa para o cabelo que está grande!...
E que vai corta-lo( com a máquina de cortar cabelos) na esperança que diga para não fazer.
E digo porque se ele cortasse o cabelo ia ficar lindo;)
Ah! e hoje dizia-me já fiz uma coisa bem feita (cortar as unhas), como tal já é suficiente, já estou a pedir demais xD
bjocas

Mina disse...

Fê blue bird
As mães não tem emenda mesmo ihihih
Mas a ele devia dar mais tempo e insistir porque ele habitou-se a tudo feito e pelo menos naquilo que a ele diz respeito em termos de higiene pessoal e competências sociais devia ter forçado mais, agora secalhar é tarde, eu sei que ele vai ser sempre dependente, mas quanto menos melhor...

Mas com ela também facilito imenso, e por mais que eu seja uma "matraca" sempre a dizer a mesma coisa e deixo ficar as coisas por fazer mas ela também não mexe uma "palha", a roupa é aos montes no quarto mistura lavada com suja.
Comida nem uma sandes faz, prefere não comer a fazer!...
E como esteve num processo de anorexia, valesse disso para ser eu a fazer tudo...
O que só lhe vai dificultar a vida no futuro, não sei mesmo o que esta juventude vai fazer, por isso é que ficam na casa dos pais cada vez até mais tarde, sempre tem cama,comida, casa e roupa lavada...
Bjocas e bom domingo

AVOGI disse...

Nada de facilitar lá diz o ditado "não lhe dês o peixe ensina-o a pescar". kis :)

Mina disse...

Avogi
Lool
O problema é que lançamos lhe a cana mas eles não querem ir à pesca!...
Já a minha mãe dizia :"se queres ver o cordeirinho manso tira-lhe a mãe". Nós não temos coragem...
bjocas