Mãe e filho de mãos dadas trilhando os caminhos do autismo/asperger.
Numa partilha intimista e de coração aberto em sonhos e desalentos, numa vida vivida...
Ter um filho asperger não é o fim do mundo, mas o princípio de uma nova vida...
Valorizando os afectos...

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Eterno "menino"


Hoje quando o fui buscar ao fórum.
Cheguei um pouco mais cedo e fui ao local onde decorrem as actividades.
Como a temperatura estava amena as actividades estavam a decorrer ao ar livre!...
Numa espécie de teatralização, alguém fazia de morto e atirava se para um colchão!...
O Bruno estava sentado na assistência (disse-me que já tinha participado antes).
Enquanto, não terminaram as actividades ele não me viu, apenas eu estive em posto de vigia!...
Depois cada par tinha de transportar os colchões, e arruma-los!...
Durante esse trajecto, tive de brincar às escondidas. xD
A monitora ia-me falar, mas antes que ela me dissesse alguma coisa, gesticulei, com o dedo (um shiu).
Terá pensado, esta "fulana" está maluca ihihihi
Só que o Bruno se me visse, já não transportaria o colchão!...
E ficava se por ali a dizer mãeeeeeeeeeeee, como se não visse há anos!...
Têm muito esse costume, que até parece que nem toda a gente sabe que eu sou a mãe:)))
Acho que já não há ninguém que o conheça a ele, e que não conheça a mãe ;)

2 comentários:

Fê-blue bird disse...

Sabedoria de mãe,mais ninguém a tem! (até rimou)
O importante é que ele deve-se ter divertido e a mãe também ;-)
Beijinhos aos dois

Mina disse...

Fê blue bird
Querida amiga, ninguém melhor do que uma mãe conhece os seus rebentos, e mesmo estes algumas vezes sendo imprevisívies em algumas situações.
Há outras que se repetem ao longo da vida, este cumprimento exacerbado, principalmente se estiver ao pé de outros colegas!...
É, para exibir a mãe, kkkk, será orgulho ou vaidade, alguns até já sabem o meu nome xD
E as esondidas não era a brincar, era mesmo para ele não me ver e ficar espantando, que ele nem sabia que eu lá estava ;)
Ou que até podia ser o pai, que nem costumamos ir até ás instalações, mas como ontem havia a dúvida de quem ia, para não o baralhar , resolvi ir ao local, até porque ás vezes também gosto de fazer surpresas :)))
bjocas