Mãe e filho de mãos dadas trilhando os caminhos do autismo/asperger.
Numa partilha intimista e de coração aberto em sonhos e desalentos, numa vida vivida...
Ter um filho asperger não é o fim do mundo, mas o princípio de uma nova vida...
Valorizando os afectos...

quinta-feira, 24 de junho de 2010

"Metediço!..."

Inconveniente, persistente, curioso!...

Ontem , estava um dos colegas triste, estava a chorar!...
O Bruno insistentemente a perguntar. qual o motivo do choro!?...
Ainda na altura que o fui buscar, persistia na acção, para que o colega me contasse qual o facto que o tinha deixado triste!?...
O Bruno dada a sua síndrome , não é a pessoa ideal, para se desabafar, nem para nos confortar, digo isto com a noção do que ele é de facto capaz de transmitir, em termos emocionais...
É capaz de andar constantemente a querer saber, apenas para depois comentar, aqui e ali...
As pessoas vão percebendo isso, não fazem dele um amigo!...Antes pelo contrário provoca um afastamento!...
E por mais que eu ou os monitores lhe expliquemos, que desta forma só faz com que as pessoas se afastem!...
Ele parece não entender e achar , natural, uma pessoa falar e desabafar com quem não tem vontadade de o fazer, e não é por falta de respeito!...
É apenas uma inabilidade, que faz parte da sua maneira de estar em sociedade.
Como para ele não há secretismos, é difícil, os outros confiarem nele...
Eu acho que deve ser uma questão de respeito pela individualidade de cada um!...

4 comentários:

Fê-blue bird disse...

Amiga Mina:

"...respeito pela individualidade de cada um! "
Nesta sua frase, está tudo!E é nela também que tudo falha.
As crianças não a perceberem até compreendo, mas sabemos que os muitos adultos também não a sabem aplicar, lamentavelmente.
Beijinhos

Mina disse...

Nem mais!...
O problema é que nesta sindrome, é preciso ter um reforço de aceitação da individualidade?!...
Porque ás vezes dá a impressão que eles estão a gozar ao repetir a mesma pergunta insistentemente!...
Não é má educação, é uma particularidade...
bjocas

Dulce Bregas disse...

Olá Mina,pois eu estou com o Bruno..e com todos os Brunos e Franciscos.Se é segredo porque nos contam?Para NÓS guardarmos segredo?Veem algum sentido nisto?Eu também o faço,mas consigo ver que os nossos miúdos são atênticos e de uma sinceridade extrema,para o qual nós temos que estar preparados,e não julgar!
As verdades são para ser ditas!
Beijinho.

Mina disse...

Olá Dulce
Há coisas que não queremos que algumas pessoas saibam, e nem serão segredos ihihihi
O problema com estes portadores é que eles não tem noção do que podem ou devem dizer a determinada pessoa...
São capaz de referir os dados pessoais a um estranho, que nunca viram na vida, porque simplesmente confiam.
Pensam que os outros são como eles e que não utilizariam essas informações, em prejuízo deles...
E nós sabemos que não é bem assim, que neste mundo nem todos são bons, por isso há coisas que eles nem devem saber para a própria protecção...
bjocas