Mãe e filho de mãos dadas trilhando os caminhos do autismo/asperger.
Numa partilha intimista e de coração aberto em sonhos e desalentos, numa vida vivida...
Ter um filho asperger não é o fim do mundo, mas o princípio de uma nova vida...
Valorizando os afectos...

sábado, 1 de maio de 2010

Sobre mim!...



Querem saber!?...
Que poderei eu dizer...
Apenas sou uma mãe igual a si.
E tantas outras por aí.
Umas vezes obstinada.
Noutras resignada.
Não sei se virei chata...
Nem sei se isso me importa!...
Também não consigo fingir.
E é isto que estou a sentir.
Não posso ficar parada.
Tenho de virar a "enxada".
Continuar esta missão...
De ajudar o meu filho.
E amá-lo sem condição...
Pois ele é o maior brilho.
Da minha constelação...

Mãe Mina

Antecipando o dia da mãe, deixo aqui o meu perfil, que alías sempre cá esteve.)))
Esta sou eu, mas acredito que se aplique a muitas outras mães, e além deste meu filho, também movo montanhas pela filha ...
Deixo aqui também o link do ano passado

8 comentários:

AVOGI disse...

Engraçado ese de colocar um homenagem a mãe Mina, adoro. e pk não? se homenageamos as outras mães pk deixamo-nos de fora? A foto é vintage , mas gira , alias a mãe Mina é ainda dada a curvas.:):)

Mina disse...

Lool
Avogi
Este pequeno texto, sempre esteve desde o ínicío no meu perfil rsss
Não foi criado para o dia da mãe, mas já que nos estamos a aproximar porque não partilha-lo de forma mais visível, para quem não lê os perfis rsss
Já ficam a saber que sou uma chata, ihihihi
O ano passado dediquei um texto à minha mãe, vou pôr neste post o link, para poderem ver.
Claro a foto tinha de ser vintage ainda sem as risquinhas, quando diziam que era parecida com a lady Di rsss, tal e qual ihihihi
As curvas agora viraram auto-estrada:)))
bjocas e bom dia mãe também p'ra si, que estou invejosa ;) que também vai ter o dia dos avós :D

Atena disse...

A Mina é um doce de mãe, de mulher... apetece-me dizer agora mesmo, que gosto imenso de si... (Vá-se lá saber porquê... KKKKKKKKK)
Feliz dia, todos os dias

Mina disse...

Obrigada Cristina
Á coisas que não se explicam eu também simpatizo consigo rsss, embora eu seja mais uma pessoa de relações palpáveis kkk
Secalhar esta empatia quererá dizer que somos algo parecidas...
Sou uma mãe igual a si e tantas outrsa por aí, não encontrei melhor defenição para mim mesma e para todas a mães,não sou única nem egocêntrica, sou uma mãe que ama os filhos e cujo principal papel neste filme que é a vida são eles mesmo, e este especial tem me dado mais luta, e feito de mim mais forte...
Mais uma vez obrigada e uns bons dias da mãe todos os dias...
bjocas

Mrs_Noris disse...

Para os filhos, especialmente quando são pequenos, as mães são as pessoas mais importantes do mundo, por isso as mães devem se cuidar e poupar, antes de mais. Esta é uma prioridade que na prática raramente é atendida. A ansiedade toma conta de uma mãe desde o momento da maternidade, as prioridades mudam. Há que aprender a lidar com ela (ansiedade) e a controlá-la, o que nem sempre é fácil.
Um beijo para si, Mina, e para todas as mães.

Mina disse...

Noris
Disses-te tudo, o ser mãe altera todas a prioridades.
Eu até digo á minha filha, quando a ela lhe doie uma perna a mim doie me o corpo todo. Isto para lhe mostrar que não fico inume ao sofrimento dela (secalhar devia) mas é mais forte.
E já a minha mãe me dizia que valia mais ser eu a chorar do que ela, que só agora percebi o que ela queria dizer o mesmo que eu disse anteriormente lool
Bjocas p'ra ti e um bom dia todos os dias para ti

Né Araujo disse...

Amei ! é a minha outra parte....
Parabens grande mãe por falares e dares a cara
Feliz daquele filho que te tem como mãe que me tem como madrinha e amiga!

Mina disse...

Né Araujo
Bem vinda a esta nossa modesta casinha...
Senta-te à vontade :)
Este nosso auto-retrato condiz bem connosco, já tem uns anitos, mas está sempre actual.
Acrescentei, mais um adjectivo que isto com anos a passar a malta fica "desaustinada"

Beijokinhas e obrigada por estares desse lado