Mãe e filho de mãos dadas trilhando os caminhos do autismo/asperger.
Numa partilha intimista e de coração aberto em sonhos e desalentos, numa vida vivida...
Ter um filho asperger não é o fim do mundo, mas o princípio de uma nova vida...
Valorizando os afectos...

quinta-feira, 28 de junho de 2012

" Transmissões"

Há ditados populares que fazem sentido, já o meu bisavó dizia:
"De casa, bem roupa lavada", como quem diz transporta-mos as nossas raízes.
Quer o pai, quer a mãe sofrem da "bola" a mãe é mais a selecção.
E transmitimos essa euforia esse patriotismo ao nosso filho.
Que se junta a nós neste sofrimento nacional, podia nem ligar, muitos "Aspies", não ligam sequer ao futebol.

Cada um tem a sua forma de sentir, há quem diga olhos que não vêm coração que não sente, hoje durante a 1ª. parte do Portugal-Espanha, mesmo com som do jogo e TV'S ligadas pela casa, o Bruno mergulhou o olhar no seu prato de caracóis e no seu sumo.
A mãe ia rodopiavando pela cozinha, comendo tostas com patê de sapateira sem conseguir estar sentada e de quando em vez lá olhava para a TV.
O pai, lá ia conseguindo comer e olhar transversal, transmitindo nos que Portugal, estava a jogar bem, e que até merecia estar a ganhar.
Isto é que é "Doentes da bola":-)
A 2º. parte,o prolongamento e os penalties o Bruno já conseguiu acompanhar, na esperança de poder festejar, mais uma passagem.
Ainda não foi desta:(

4 comentários:

quem és, que fazes aqui? disse...

Pois eu, quase nada sei de futebol. Mas a Seleção não perco. Portámo-nos bem!

Agora, na final, vou torcer pela Espanha. A Ibéria ainda nos individualiza.

Beijo

Laura

Mina disse...

Laura

Que doença:)
Esta educação patriota;)
Beijinhos

Fê-blue bird disse...

Prima, um sonho sempre adiado, valeu a bela refeição :)

beijinhos

Mina disse...

Prima Fê

Desta vez honra lhes seja feita até suaram a camisola, e mais não seria de esperar.

Pelo menos enquanto comiamos sempre nos iamos distraindo;)

Beijinhos