Mãe e filho de mãos dadas trilhando os caminhos do autismo/asperger.
Numa partilha intimista e de coração aberto em sonhos e desalentos, numa vida vivida...
Ter um filho asperger não é o fim do mundo, mas o princípio de uma nova vida...
Valorizando os afectos...

quarta-feira, 6 de março de 2013

Greve nos Transportes


Imaginem que acontece isto:

Ouve-se uma voz de alguém que diz isto:

Vai dar entrada na linha numero tal, o comboio com destino a..., efetua paragens em todas as estações e apeadeiros.

Uma pessoa está na estação à espera de um comboio após a senhora ter dito que vai dar entrada na linha numero tal o comboio com destino..., espera, espera, espera e o comboio não passa.

Bruno V 17/11/2012

Esta situação, está a tornar se cada vez mais usal, e, é mais uma preocupação para Bruno, que fica instável, e já nos aconteceu precisamente o que ele descreve :(, mais uma dificuldade que não podemos prevêr.

Mãe Mina

 

4 comentários:

quem és, que fazes aqui? disse...


Tens de fazer mais posts com os escritos do Bruno.

As preocupações dele são as nossas.

Beijinhos para ambos

Laura

Mina disse...

Laura

Sem dúvida, e esta já bem sendo uma preocupação constante.

O Bruno escreve muito, mas é mais em papel e muitos gráficos, e algumas coisas nem posso transcrever rsss, que isto de ser "Aspie", não filtra as notícias :)

Beijinhos

Nina disse...

É brilhante o raciocínio!
Não admira, pois, que em pequenos muitos destes jovens sejam tidos como sobredotados.
O Gui está há uns tempos obcecado por caixotes do lixo. Vai ao pormenor das bactérias, vê tu.
beijinhos

Mina disse...

Nina
Ahahah
Isto não foi fruto da imaginação! Já nos aconteceu, estar-mos á espera do comboio isto ainda em véspera de greve, haver muitos suprimidos, mas que nós eramos para vir não estava como tal esperamos uma mais de hora, já com preocupação de não ter-mos comboio.
Há hora marcada ouviu- se a gravação que dava saída do comboio que não saiu, claro está.
E nós ficamos 4 horas na estação de Santa Apolónia que pai teve que nos ir buscar.
Isto agora andar de comboio é um pavor.

Beijinhos