Mãe e filho de mãos dadas trilhando os caminhos do autismo/asperger.
Numa partilha intimista e de coração aberto em sonhos e desalentos, numa vida vivida...
Ter um filho asperger não é o fim do mundo, mas o princípio de uma nova vida...
Valorizando os afectos...

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

"Ensino Inclusivo"


O MEPI- Movimento para um Ensino Público Inclusivo é um grupo de pais de crianças, adolescentes, jovens e adultos com Necessidades Educativas Especiais e de cidadãos de vários sectores que, indignados com a publicação da Portaria 275-A de 11 de Setembro, pretendem fazer ouvir a sua voz enviando o manifesto publicado a várias entidades governamentais.

Podem acompanhar e aderir nesta página :https://www.facebook.com/groups/503602559651566/512724128739409/?ref=notif¬if_t=group_activity#!/groups/476706065694247/

Porquê que eu me revejo nesta causa, sendo meu filho já adulto!
Porque a porta de saída que nos apontavam era sempre uma instituição, nunca havia condições para terem um aluno com NEE.
O certo é que felizmente, houve algumas pessoas que nos apoiaram e ficou provado, que não só ele ganhou com esta inter-acção como os colegas e professores que o acompanharam, durante todo o percurso académico.

6 comentários:

Nina disse...

Enquanto não se perceber que nestes meninos há uma riqueza maior, não vamos lá.

beijinhos, mãe coragem (chamaram-mo um dia destes,mas tu é que és detentora do título)

Mina disse...

Nina

Não só os meninos com autismo, mas todos os meninos com NEE, tem direito ao ensino e a estar no mundo global incluídos, sempre que as condições o permitam e não interfiram com a sua dignidade humana.

Não é ir pelo caminho mais fácil e nem sequer tentarem dar oportunidades para a igualdade.

Obrigada beijinhos

Fê-blue bird disse...

Prima:
Mais uma importante informação.

beijinhos

Mina disse...

Prima
Isto fazem as coisas para ficar bonito no papel, mas depois arranjam uns remendos para tapar e julgam que os pais são analfabetos.
O ensino tornou-se obrigatório até ao 12º.ano e para não excluirem os alunos com NEE, os alunos com CEI, teriam como opção ir para as parceiras instuições.
Beijinhos

Mário Relvas disse...

Olá Mina!

Estou de acordo consigo!

Abraço :)

Mina disse...

Mário

Obrigado, nada para nós é fácil, temos que batalhar para aquilo que lhes era devido um direito á nascença a inclusão.

beijinhos