Mãe e filho de mãos dadas trilhando os caminhos do autismo/asperger.
Numa partilha intimista e de coração aberto em sonhos e desalentos, numa vida vivida...
Ter um filho asperger não é o fim do mundo, mas o princípio de uma nova vida...
Valorizando os afectos...

terça-feira, 9 de outubro de 2012

"Decide"

Enquanto pedalava no seu triciclo, lá ia a congeminar ( falar sozinho)
-Que se passa filho,e se caio e fraturo um osso!?
-Se for mos a pensar nisso não saís de casa, e não fazes exercicío!?
-Mas assim fico obeso!
Não quer dizer que as coisas aconteçam, mas temos de estar preparados e prevenidos.
Não nos deixar-mos estagnar pelos medos.
Enquanto a partida mesmo sem unhas consegue arranhar se até fazer chagas, e não ficar nada impressionado...

4 comentários:

São disse...

O medo , por vezes, é pior do que a realidade...

Sofrer por antecipação é aumentar a angústia, sei isso por experiência própria.

Abraços para vós

Fê-blue bird disse...

Prima:
São medos sempre presentes que a prima faz bem em tentar desvalorizar.
Mas não deve ser nada fácil.

beijinhos aos dois

Mina disse...

São

Sem dúvida, que sofrer por antecipação não nos leva a lado nenhum, mas muitas vezes não conseguimos evitar essa angústia ( e eu que diga, ás vezes bem me tento libertar dela, principalmente em realção ao futuro).
Beijinhos

Mina disse...

Prima Fê

Lool os medos são quase como as pedras, quem os não teve que atire a primeira pedra.
Mas ele fomenta os muito, conversa muito com eles , e se isso fosse uma forma de se livrar deles!
Mas não, é uma forma de os aumentar e estão sempre relacionados com algo concreto que lhe aconteceu a ele ou a mim, e este das quedas, teve a ver com o meu recente "tombo":), que lhe pode acontecer também a ele;)

beijinhos