Mãe e filho de mãos dadas trilhando os caminhos do autismo/asperger.
Numa partilha intimista e de coração aberto em sonhos e desalentos, numa vida vivida...
Ter um filho asperger não é o fim do mundo, mas o princípio de uma nova vida...
Valorizando os afectos...

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Caminhos com História...



As imagens falam por si, caminhadas com história, arte, paisagem, gastronomia e exercicío fisíco.

Esta semana foi dura, algumas subidas de nível 4(1 a 5).
Habitualmente é a mãe que se levanta cansada, a quem ele dá força para estas caminhadas.
Desta vez também ele denotou algum cansaço, pela falta de descanso nocturno, que sempre que alguma coisa foge ao ritmo habitual diário ( sendo que esse ritmo não implica levantar se cedo), quando chegamos ao local da partida acusou tonturas.
Estivemos na iminência de não partilhar-mos este caminho, que depois de começado não podemos parar, ou voltar atrás...
Arriscamos e superamos o cansaço, a ele foram passando as tonturas, à mãe o coração teve que acelerar.
Mas conseguimos.
Senão impusemos contrariar o nosso estado inicial, o exercicío ficaria por fazer, e a paisagem por ver e sem esta história para contar...



Nota-Imagens raras de uma cidade romana do sec:I
podem consultar parte da história aqui

8 comentários:

Nina disse...

Que magnífico roteiro!
Um valente, o Bruno!:)
bji aos 2

Mina disse...

Nina
Eheh valente! e mãe não!? rsss
Que ele é rapaz novo:)
E gosta muito espiçar, na maior subida a inclinação era tão grande que a maioria das pessoas olhava para chão, eu então não tirava os olhos da terra, e sempre preocupada que alguns pés que iam á minha frente não caíssem, ou iriamos todos ao rebolão.

O rapaz motivador só dizia olha para cima:)

beijinhos

São disse...

Desconhecia esta cidade romana em Óbidos.

O meu abraço de enorme admiração para si e um beijo ao Bruno.

Fê-blue bird disse...

Eburobrittium - Cidade Romana

Prima com um nome assim não admira a dificuldade :) estou a brincar parabéns aos dois por mais este desafio superado.
As imagens demonstram isso mesmo :)


beijinhos

Mina disse...

São

Obrigada
Não está aberta ao público, ainda está em estudo e eram para ser feitas mais escavações, mas não há dinheiro.
Terá sido uma das mais importantes cidades do sec:I.
Havia conhecimento dela, mas não se sabia a localização exacta, aquando das escavações para a A8 e A15 foi então localizada, mas menos de um 1/4 está visivel, e com muita perda de património.
Neste post tem o link que dá conta da história para quem estiver interessado em ver e saber mais desta histórica cidade romana, que teria dimensões semelhantes a Conimbriga.

Beijinhos

Mina disse...

Prima Fê

Eheheh, nomes romanos é assim:)
Estas caminhadas acabam por nos levar ao desconhecido e descobrir e fazer coisas que nunca fariamos sózinhos.

Por exemplo a tal subida ingreme, conhecer este local histórico, ver uma antiga escola primária recuperada e mantendo a função cultural de livraria e biblioteca e sala de artes, tudo isto nos enriquece e aqui tão perto.

beijinhos

AvoGI disse...

A idade pesa lentamente, quase sem nos darmso conta
kis :=)

Mina disse...

Avogi
O "messa", já tenho mais kg's que idade.
Beijinhos e b.f.s