Mãe e filho de mãos dadas trilhando os caminhos do autismo/asperger.
Numa partilha intimista e de coração aberto em sonhos e desalentos, numa vida vivida...
Ter um filho asperger não é o fim do mundo, mas o princípio de uma nova vida...
Valorizando os afectos...

sábado, 25 de abril de 2009

Síndrome de Asperger/Défice de Empatia Parte 4/4

Antes dos cinco anos, sobretudo, é referido, em muitos casos, um fascínio incontrolável, por folhear livros e revistas, sem aparente preocupação com os conteúdos dos mesmos, interesse intenso por uma história particular( tendo a história de ser contada sempre da mesma maneira e com as mesmas palavras), fascínio por um determinado vídeo (são capazes de passar repetidamente no mesmo dia ou, em alguns casos, de ver vezes sem fim, a mesma cena), grande fascínio por anúncios de televisão, actividades repetitivas, abrir e fechar a porta repetidamente, de forma rítmica, em raros casos foram descritos recortes milimétricos com tesoura, birras injustificadas, desproporcionadas e repetidas.

As rotinas e rituais rígidos são características comportamentais típicas: entrarem sempre pelo mesmo sítio, colocarem o casaco no mesmo cabide, mudarem o pijama no mesmo dia da semana, tomarem banho em determinado dia ou hora, lavarem os dentes em determinada hora e posição, tomarem sempre o mesmo caminho para a escola, arrumarem os livros no mesmo sítio, arrumarem a cadeira no mesmo sítio, terem de fechar sempre a porta, comerem os alimentos numa determinada ordem, comerem apenas alguns alimentos, na presença de determinados objectos, terem de transportar sempre determinado brinquedo, terem de dar uma determinada ordem aos objectos escolares, alinhamento de determinado brinquedo antes de irem para a cama... È frequente sentirem uma grande ansiedade quando acontecem mudanças nas suas rotinas.

As estereotipias motoras e vocais são manifestações muito comuns. Movimentos ou sons repetidos, rítmicos, por vezes confundidos com tiques, abanar as mãos "flapping", andar em bicos de pés, andar a roda, correr em circulo, correr sem sentido, balanceamentos, maneirismos com os dedos, gesticular com os dedos, sapateado, movimentos tipo masturbatórios, movimentos tipo lavar as mãos, abanar a cabeça, movimentos tipo nadar em "crawl", meter as mãos nas orelhas, puxar as orelhas, enrolar o cabelo próprio, ou de outro, rodar objectos (rodas dos carros, lápis, bolas..,) torcer objectos, imitar os sons dos animais ou das máquinas, imitar as vozes dos desenhos animados, anúncios, movimentos dos globos oculares...

Interesse intenso por partes de objectos surge com menor frequência: pontas de lápis tampas de esferográficas, peças de lego, pedaços de cordas, pedaços de giz, rolinhos de papel higiénico. Muitas vezes trazem nos bolsos inúmeros objectos.

O desenvolvimento linguístico não apresenta atraso significativo, num grande número de casos. É frequentemente referido um aparecimento tardio da linguagem, mas pelos cinco anos, não se verificam grandes desvios da normalidade. São frequentes conversas sem nexo, sem sentido, desajustadas aos temas evocados que correspondem a perturbações do tipo semântico- Pragmático. Com grande frequência manifestam dificuldades na compreensão verbal e uma utilização tardia, ou não utilização, dos pronomes pessoais.

A prosódia pode ser bizarra, peculiar, estranha, pedante ou excêntrica, com um timbre, um ritmo ou entoação invulgares, em regra monótona, com precisão excessiva de cada sílaba.

É referido, muitas vezes, um discurso repetitivo, ou repetição de palavras e frases. Não raramente, fazem uma interpretação literal das frases e das expressões idiomáticas, podem ficar confundidos com expressões como "vale de lençóis", ", "o rei vai nu","os olhos também comem", "ter o rei na barriga"...

Em mais de metade dos casos, há sérias dificuldades na aprendizagem da leitura e da escrita e, e menos frequentemente, no cálculo.

Num bom número de casos, estão descritas grande facilidade e interesse por números, algumas crianças conseguem verdadeiros prodígios com os números e são, por isso chamados de génios. A grande maioria apresenta uma boa memória visual.

De entre os problemas associados, há que sublinhar, pela frequência a hiperactividade.

Outro problema muito frequente são os medos excessivos e injustificados, sons altos, determinada música, visão de certos objectos...

Frequentemente é referida hipersensibilidade a ruídos: foguetes, berbequins, varinha mágica, aspirador, autoclismo, hipersensibilidade a cheiros, cheiram frequentemente os mais variados objectos, baixo nível de sensibilidade á dor, gosto por roupas "fofas" e confortáveis.

Nota- Foi tudo transcrito, pode eventualmente haver algum erro de ortografia ou até mesmo ter-me passado alguma frase, serve apenas como base informativa, devem sempre avaliar caso a caso e por um especialista.Uma vez que o documento era muito grande resolvi subdividi-lo, para mais facíl leitura, foram papéis que me foram chegando á mão quando soube que o meu filho tinha Síndrome de Asperger, este não estava identificado. Mas faço jus ao autor, e a quem o terá traduzido...

6 comentários:

Visite www.arteautismo.com disse...

Oi Mina querida!
Tudo bem? e Bruno como está?
Sabe Mina , hoje trabalhei muito com as flores e vou ter que trabalhar na terça-feira com decoração floral e na sexta também.
Mas tinha que vir aqui para gente bater um papo sobre nossos pimpolhos sugadores de nós huahahuahua........
Depois vou lá em miss Noris , ando com saudades das traquinagens do filhote dela. Ele é uma figura , sai com cada uma rs rs rs...
Mina ,estamos feitas , tu e eu , pois sei que teu Bruno apronta que nem meu Filipe.
Esta tua discrição tem muita coisa que Filipe tem. Filipe não é aspie , nem clássico , pra dizer a verdade nem sei muito bem o que é rs , pois tem hora que é tapado feito uma anta e do nada vira pródigo. Creio que faz isso pra não haver cobranças de melhora. Ou talvez é a doença em si. Não sei , tem dia que piro sem entender.
Ontem mesmo , chegou na sala com um prato preparado por ele mesmo. Banana com mel e canela. Como tá de dieta tá inventando. Nunca preparou , mais hoje fez e sem pedir. Geralmente pede tudo que quer , . aiiii Mina agora mesmo enquanto te escrevo , pegou pão sem glútemn , partiu no meio e colocou goiabada.... fez sanduíche!
Menina , ele tá demais.
Sabe , comprei um tablete de doce e deixei na geladeira , caso ele tivesse vontade e deu .....
Esta dieta ta mexendo com ele. Mas vou continuar.
Sabe Mina , eu pesquisei com as mães sobre a dieta , com as que fazem de verdade , e elas dizeram que funciona.
E sinceramente estou achando que sim! Filipe está bem melhor, hoje mesmo estava tentando falar como um bebê. Mudando de voz , como que testando.
E anda mais sabido!
Voce não concorda que tenho de ir devagar nas restrições? Cortei bolo, pudim sorvete e deixei o doce. Se entrar de vez ele vai boicotar.
Eu vou voltar pra te contar as evoluções.
No mais ,quero agradecer tua amizade e carinho e a disponibilidade de trocar idéias comigo.
Um beijo grande em Bruninho!
Ray

paula simoes disse...

olá Mina

obrigado por passar no meu cantinho tenho andado um pouco fugida mas acho que estou de volta

espero que esteja tudo bem com o Bruno

um bom domingo para todos

beijinhos de Luz e do tamanho do Mundo

Mina disse...

Amiga Ray
O seu trabalho é lindissímo e muito artistíco. Parabéns.
Quanto aos nossos rapazes, já sabem muito, e agora é difícil fazer-lhes dietas.
acho uma óptima ideia, ir fazendo progressivamente, para não lhe provocar outro tipo de carências , acho que a minha amiga está a ir pelo caminho certo, não é facíl,o meu como é tudo muito numérico, pesasse, e depois diz-me que não está obseso, mas é precisamente para não chegar a obeso que temos que começar a prevenir, há dias que até coloca aquelas cintas para tirar a barriga pois é nessa zona que já tem muita gordura a acumulada que é precisamente a mais perigosa.
Mas ainda assim Felipe safa-se melhor que o Bruno a fazer petiscos xD, banana com mel e canela, bem combinado rssss. O meu é mais prático não tem trabalho é só pegar e comer, ele vai tostas, bolachas, frutos secos amendoins , nozes, pistacho, nada de arranjar pão só se for pão seco porque não pega numa faca para o abrir. Mas pode comer o pão sem nada e depois marmelada á colherada rssss, deixei de comprar loool. Vamos cortando pouco a pouco e ver até onde pega, também não queremos vê-los infelizes. O meu tem dia que pega nas minhas teorias outros não vamos tentando equilibrar.
Bjocas para si e Felipe, tou com ele numa boa picanha e o Bruno também alinha, depois de um mês a dieta para compensar rssssss

Mina disse...

Olá Paula
Bem vinda...
O importante é estar tudo bem, o tempo não é elástico...
Boa semana, para vocês

Visite www.arteautismo.com disse...

Mina, estamos feitas com nossos pimpolhos. Esta da cinta foi boa. Filipe tb, quando pergunto , onde vc tá gordo , ele mostra a barriga kkkkkkkkk.
Mas onde estivestes hoje??? Vim várias vezes te ver e só agora apareces?
Logo hj que estou disponível?
Assim não vale Mina?
Beijocas para si e Bruno e uma boa semana!!!
Ray

Mina disse...

Ray
Eles também criam hábitos, ohohoh se criam ainda para mais neles que parece que foram feitos por um programador xD, tudo na mesma ordem, é trabalho díficil alterar qualquer rotina deles.
E boa semana tbm para vocês, uma semana florida com cor e amor...
Bjocas