Mãe e filho de mãos dadas trilhando os caminhos do autismo/asperger.
Numa partilha intimista e de coração aberto em sonhos e desalentos, numa vida vivida...
Ter um filho asperger não é o fim do mundo, mas o princípio de uma nova vida...
Valorizando os afectos...

domingo, 8 de fevereiro de 2009

Critérios DSM IV

Seguindo essa classificação, o Síndrome de Asperger é definido da seguinte forma:

A -Perturbação qualitativa da interacção social, manifestada em pelo menos dois dos seguintes:

1) dificuldade acentuada no uso de comportamentos não verbais, tais como o contacto ocular, expressão facial, postura e gestos na regulação da interacção social.
2) Incapacidade para desenvolver relações sociais com parceiros e colegas de acordo com o seu nível de desenvolvimento.
3) Desinteresse em partilhar alegrias, resultados ou interesses com outras pessoas.
4) Falta de reciprocidade social e emocional.

B-Padrões de comportamento restritos, repetitivos ou estereotipados, que se manifestam por, pelo menos um dos seguintes traços:
1)Preocupação exagerada com um ou mais temas, de forma anormal pela sua intensidade ou exclusividade.
2)Adesão aparentemente inflexivel a rotinas ou rituais específicos e não funcionais.
3) Maneirismos motores repetitivos ou estereotipados.
4)Preocupação persistente com partes de objectos.

C-A disfunção provoca uma perturbação clinicamente significativa no funcionamento social, ocupacional ou noutras importantes áreas de actividade.

D-Não há atraso clinicamente significativo da linguagem, NOTA: Este critério não é aceite por outras classificações nem pela experiência comum, dado que muitas vezes existe atraso de linguagem até aos 4-5 anos de vida.

E-Não há atraso clinicamente significativo, do desenvolvimento cognitivo, capacidade de autonomia, curiosidade pelo ambiente ou comportamento adaptativo se excluirmos a interacção social

F-Encontram-se excluídos outros diagnósticos como esquizofrenia.

Esta informação estava inclusa numa brochura da (apsa) sobre a Síndrome de Asperger, que ficou omissa, estando com este complemento agora completa.

Atenção: Ninguém deve fazer o diagnóstico caseiro, apenas e só baseado nestes parâmetros.
Se tiver dúvidas consulte sempre o seu médico de família , que o encaminhará, para especialistas se for caso disso...

2 comentários:

Luisa_B disse...

Olá Mina ,
o se sobrinho Bruno reúne essas características todas, excepto que não teve problemas na fala nem atraso pelo contrario é que a hiperlexia tb é característica que se observa nos aspergers.

De resto o atraso cognitivo tb não é para todos e mesmo assim ele sendo muito inteligente para a maioria das coisas, não consegue compreender o funcionamento da parte de vida social como por ex o termos de pagar a alguém EDP .

Diz ele e eu aprovo que a EDP devia ser oferta do Estado e já ser oferta com os impostos todos que temos.

Tem ou não tem razão este sobrinho hein?

Valia mais nacionalizarem a EDP em vez de BPI disse ele...

Para concluir ele hoje está com o cérebro enjoado... por vezes o cérebro está apenas molhado mas hoje sente-o assim,alguém me explica isto?

Beijinhos

Mina disse...

Luísa
Estes critérios são apenas uma base, não suficiente para se fazer um diagnóstico, mas é sem dúvida uma ferramenta auxiliar, que por si só não será muito concludente,acho que uma a analise presencial e comportamental ajudam a fundamentar, e ainda temos de dar espaço para cada um ter o seu ritmo de crescimento, mas todas as analises devem ser efectuadas por quem tem formação na aréa, embora nós tenhamos sempre o papel principal e dar informação e na prática tambem de aprende e muito.
Quanto a Edp e outros que tais também os dispensava das minhas contas mensais.
O meu querido, quanto ao cerebro enjoado , não sei que te diga, mas se fosse especular talvez tenha a ver com a tua sensibilidade ao deparares com situações com as quais não concordas. Será!?...
Bjocas