Mãe e filho de mãos dadas trilhando os caminhos do autismo/asperger.
Numa partilha intimista e de coração aberto em sonhos e desalentos, numa vida vivida...
Ter um filho asperger não é o fim do mundo, mas o princípio de uma nova vida...
Valorizando os afectos...

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Quem pode participar nos jogos paraolímpicos?!...


Ainda a propósito de desporto lembrei-me.
Será que Autistas e Síndrome de Asperger, tem representação nessas competições?!...
Já vi nos paraolímpicos a participação de pessoas com doença mental, com deficiência física.
Ainda há dias vi jogos de futebol com pessoas portadoras de deficiência intelectual...
E em que "patamar" e onde entram os com deficiências neuro-comportamentais.
Parece-me que não fazem parte!?...
Se alguém souber, gostava que me esclarecesse!...

8 comentários:

Estrumpfina disse...

E porque não?

Se calhar simplesmente ainda não "calhou" ou então andam escondidos ;)

Autistas e Aspergers podem também fazer desporto (embora haja uma tendência para não gostarem muito de actividades físicas) e perfeccionistas como eles são, se levarem uma modalidade de paixão arriscam-se a sair muito bem nela.

bjs

Mina disse...

Querida estrumpfina
Quer-me mesmo parecer que não, que não participam.
Que agora veio-me isto novamente a ideia, por ter visto o meu filho a participar nesta prova e achei que ele esteve muito bem, a dar o seu máximo e muito concentrado, poderia ser um estimulo, (claro que teremos sempre de controlar a frustração caso ela surja) como é um desporto mais individual, apesar da competição, ele não sentiu a frustração, que muitas vezes o acompanha quando não vence.
E em tempos falamos , alías o Bruno falou, que estava a tentar alcançar , um dos do CAO que estava a treinar para minimos dos paraolímpicos, e directora na altura esclareceu, pensava eu, que fosse para não lhe criar expectativas, que ele não puderia participar.

Vi na altura e isto agora é apenas de memória, e considerando agora apenas no campo especulativo, que um atleta, terá participado sendo considerado com Sindrome Asperger ou autista, mas esses atestados médicos eram falsos e como tal conseguiu mais valias sobre os restantes. Desde então acho que deixaram de participar, estando-se a tentar encontrar uma solução.Não me recordo já do artigo senão iria procura-lo, mas foram estas as memórias que me ficaram. Acho que vale a pena pensar?!...E se alguém conseguir confirmar ou refutar, para me tirar esta dúvida eu agradeço. obrigado...

Concluo que será facíl para alguém imita-los. O mesmo já não se passa com eles que são incapazes de enganar alguém.
Bjocas

Estrumpfina disse...

Não fazia idéia Mina.

Quer dizer que até nos paraolímpicos os autistas e aspergers são descriminados?

Valha-me Deus...

bjs

Visite www.arteautismo.com disse...

Oi Mina,
Eu sei de um autista aqui que é nadador do flamengo e ganha competições.
Mas eu nunca vi um anúncio assim:
JOGOS OLIMPICOS PARA AUTISTAS.ou Este que tu citas.
Meu Filipe não é chegado a isso, se competisse , teria eu que ficar gritando em volta da piscina para ele ir....rs rs rs porque para competir , ele nao dava. E quando quer nada feito peixe , some na agua. Mas qdo quer. Em competição não dá.
Mas Bruno, dá para a coisa E gosta.
Porque entao não criam para eles esta modalidade.
Ah Mina este povo ainda tem que saber muito o que é autista e o que é asperger.
Mundo preconceituoso este!!!
ALFfffff...........
Beijos
Ray

Mina disse...

Estrumpfina

Suponho que sim!...mas careço da informação exacta, como tal é meramente especulativo até prova em contrário.
Mas tentarei pesquisar, segundo as minhas memórias que ás vezes já são curtas, a polémica estalou nos últimos para olímpicos
Bjocas

Mina disse...

Oi amiga Ray

Em competições nacionais, tanto quanto eu sei também não haverá discriminação, não sei como é feita a selecção, mas participam.
Quando é da vontade deles e como nós bem sabemos , eles nem sempre estão dispostos, por acaso no caso do remo, como não dá para ver o que o companheiro do lado está a a fazer, é só controlar-se a si próprio e á máquina, e ainda bem que assim é porque o Bruno não gosta nada de perder, nem a "feijões" rssss, porque se ele soubesse que ia atrás desistia, ou irritavasse por não conseguir, acho este desporto muito adqueado para eles, se Felipe "curtisse"pudia ajudar a queimar caloria.
E nós mães, estamos lá para gritar, ele há lá mães mais "chatas" que de autista e asperger lool, não ouviu os meus gritos de força na gravação lool...
E ao que eu me referia é que eles eventualmente não participam é em competições paraolímpicas, ao mais alto nível internacional( mas careço de informação exacta). Não penso que seja por preconceito, mas por "defeito", de ainda não conseguirem defenir bem especialmente os Asperger e Autistas que não está na "cara".
Mas havemos de lá chegar, pode não ser para os nossos,mas continuemos a preparar caminho

Bjocas para si e Felipe

Mrs_Noris disse...

Não sei responder a essa pergunta Mina. Só sei que o meu rapaz tem de aprender a perder e a gerir as emoções (e a frustração) desencadeadas pela competição.
Beijos.

Mina disse...

Noris
Que pena :(, mas como a "menina", têm mais jeito para encontrar estas coisas do que eu, quando encontrar vai-me dizer lool
Para ver se o Bruno vai aos próximos :D
bjocas