Mãe e filho de mãos dadas trilhando os caminhos do autismo/asperger.
Numa partilha intimista e de coração aberto em sonhos e desalentos, numa vida vivida...
Ter um filho asperger não é o fim do mundo, mas o princípio de uma nova vida...
Valorizando os afectos...

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

"Momentos"


A vida é feita de momentos de vivências de sorrisos e de tristezas.
Quando se fazem as coisas por amor .
O sentir que aquelas almas puras genuínas nos transmitem, é para mim transcendental, viver sorrisos, sentir afectos, não faz de mim melhor pessoa, mas faz de mim uma pessoa mais feliz e realizada.
Sózinhos pouco ou nada conseguimos, a partilha sempre foi o que me motivou, quer no blogue, quer na vida real, poder dar um pouquinho de mim aos outros, torna-me mais preenchida recebo tanto em troca nos olhares nos toques nos abraços no despir de todos os preconceitos que eles me transmitem...
Pelo 2º. ano consecutivo, reunimos um grupo de pais numa partilha de afectos sem medos dos olhares alheios, acompanhados de um bom petisco, regados de uma boa pinga, como gente normal que somos.
Não precisamos de falar de autismo ele anda no ar numa leve brisa que flutua e não se sente por momentos, como que por magia, a descontracção é total...
Tenho que agradecer a todos a presença e tornarem estes encontros tão especiais, na altura posso não transparecer, até porque me sinto um pouco responsável, ( embora este ano a responsabilidade fosse minima) mas depois chega-me a nostalgia.
Algumas vezes também me apetece desistir, mas olhando para meu filho e para toda esta constelação de estrelas do autismo, não posso!!!
E até as dores que sentia depois de uma semana atribulada se atenuaram.
Os últimos são os primeiros e este aconchego só é possível graças a um grande anfitrião:)

(imagem, Bruno versus Zé Povinho), num dos momentos do convívio.

16 comentários:

Rainbow Mum disse...

Deve ter sido o máximo Mina! Beijinhos

Mina disse...

Rainbow Mum

As palavras não descrevem suficientemente os momentos, o que se sente é para além do que se pode exprimir em palavras.
Tens de ir:)

Beijinhos

AvoGI disse...

E sao os pequenos detalhes da vida que nos impulsiona a continuar a caminhada, e a tua caminhada é profícua e cheia de amor
kis :==)

São disse...

A partilha e o convívio são sempre coisas muito agradáveis e que nos enriquecem, sem dúvida.

Que bom terem essa possibilidade e ter tudo corrido bem.

Abraços para vós.

Mina disse...

Avogi

Ès uma querida, que nos acompanha deste o "aluguer daquele sotão", já lá vão alguns anos, esta nossa caminhada é ainda maior e irá continuar até que Deus nos deixe. Estes momentos que conseguimos proporcionar não só ao meu filho mas a todos outros, deixam-me particularmente feliz...
E sempre grata pela tua companhia, e por já reconheres os sinais de um entre muitos...

Beijinhos e b.f.s

Mina disse...

São
Obrigada, são sem dúvida estes momentos de partilha e nos enchem, ver os nossos filhos em plena relação, os pais poderem conversar sem se preocuparem com que os outros estão a pensar, são momentos únicos...

Este ano o grupo foi muito grande, mas o acolhimento e calor humano foram inexplicáveis por palavras.

Tão bom que já estamos a planear um local maior para que mais possam estar presentes...

beijinhos e b.f.s

ONG ALERTA disse...

As palavras as vezes não conseguem expressar o que queremos, beijo Lisette.

Mina disse...

Lisette
Boa noite!
Obrigada, mais do ques as palavras as ações, as atitudes o dar e partilhar, só se for com coração...
beijinhos e b.f.s

Mário Relvas disse...

Olá Mina,

Bela foto. Bons momentos de partilha. São estes momentos que nos fazem ganhar forças em torno do objectivo comum; continuar a remar em amor pelos filhos que tudo merecem. Mesmo que outros que deviam falar pelos nossos filhos se entretenham apenas com as suas quintas...

Parabéns Bruno :)

Bjs Mina!!

Fê-blue bird disse...

Prima, o que de bom tem a vida são estes momentos únicos.
Amizade, partilha, dedicarão e reconhecimento.
Não é fácil mas vale a pena.

beijinhos aos dois

Mina disse...

Obrigado Mário!

De cada momento fazemos uma vitória, mesmo sózinhos, que durante anos foi isso que senti, sempre lutei por um objectivo a melhoria de condições para o meu filho e outros como ele, já organizamos este dia com 80 pessoas anónimas, algumas que vi pela primeira vez sem apoios de de terceiros, apenas pais que gostam de confraterizaram e trocar experiências e poder estar num ambiente descomprometido.
Tudo isto graças a um avô Zé João que disponibilizou o seu espaço e ainda teve o trabalho de organizar também o repasto:),Dois "loucos" como ele dizia o ano passado quando reunimos cerca de 60 pessoas, foi apenas um dia que ficará na memória daquelas familias e daquelas crianças... Sinto-me um pouquinho responsável por ter contribuído para esta "loucura", que esta liberdade de não estar mos associados a nada nos permite:)
beijinhos

Mina disse...

Obrigada Prima Fê

Tudo vale a pena, para ver estes meninos e pais felizes, mais por eles do que por mim, pode parecer lamechiche mas é verdade tornar os outros felizes faz nos a nós também mais felizes, e isto é apenas uma ínfima parte do que podemos fazer se todos nos entregar-mos pela mesma causa...
bejokinhas

Mário Relvas disse...

Mina, é bom que sinta prazer e algum orgulho naquilo que fez. É muito meritório. Força!

Abraceijos para si e para o Bruno :)

Mina disse...

Mário

É muito importante, que nunca nos sintamos sózinhos.
Imagino que tal como nós a caminhada foi solitária, quando nem das perturbações do espectro so autismo se falava, e quando se fazia era de forma assustadora.
Este bocadinho que estamos juntos é um bocadinho o quebrar esses medos e perceber que mesmo sendo todos diferentes o amor não é de todo banal...
Embora estes encontros continuem a ser um isolamento daqueles que vivem ou convivem com este espectro, também tivemos connosco professores, terapeutas empenhados em estar com os pais e contribuir para melhor qualidade de vida a estes meninos...
È pouco, muito pouco temos que alargar horizontes e estar no mundo que também lhes pertence é também esse caminho que traçamos e vamos continuar, não sou mais que ninguém apenas e somente mãe...

Gostaria mos muito de ter num próximo encontro se tiver essa disponibilidade e vontade:)

beijinhos

Nina disse...

Juraria ter comentado este post, mas pelos vistos não o fiz!
Não vou comentar as tuas palavras, porque a imagem do Bruno diz tudo. Fantástico!:))
bji aos 2

Mina disse...

Nina

Sem dúvida, que algumas imagens, valem mais que as palavras.
Mesmo eu sendo suspeita, este rapaz transforma-se a representar...
beijinhos