Mãe e filho de mãos dadas trilhando os caminhos do autismo/asperger.
Numa partilha intimista e de coração aberto em sonhos e desalentos, numa vida vivida...
Ter um filho asperger não é o fim do mundo, mas o princípio de uma nova vida...
Valorizando os afectos...

sábado, 21 de abril de 2012

Caminho Azul 2/3

Nota- Esta peça foi entregue a todos os participantes na caminhada, para que todos juntos informados e empenhados possamos unir todas as peças.


Porque concencializar não é só vestir de Azul( terceira e última parte do discurso)

E finalmente de uma forma poética, porquê estas pessoas são seres fascinantes, só precisam de oportunidades. escrevi alguns anos para o meu filho, mas que se aplica a muitos.

Explicação, para o poema, que transcrevi para a peça do puzzle.

Estar sózinho no meio da multidão!-Procuram isolamento, e as pessoas não lhes ligam
Parece que não ouço!-Podem estar ausentes em pensamentos, ser necessário repetir
Que não sinto igual a ti- Dificuldade em mostrar os afectos, mas sentem é preciso saber busca-los
Apenas porque estou dístraído- O escape dos pensamentos que quando se interessam por alguma coisa, o cerebro fica demasiado ocupado, para o resto
Neste meu mundo fantástico-Credúlos, com uma imagem de mundo perfeito
Não sou capaz de ser fingido-Seriedade, dizem a verdade sem filtros.
E não permito uma mentira-Rigorosos
Mas eu sou igual a ti- Somos todos iguais
Olha bem para mim- São invisiveis aos olhos dos outros, ou então só veêm as diferenças ( por ex: movimentos estereotipados)
Afinal eu estou vivo- ......
E moro aqui ao pé de ti-Não os ignorem

It's time to listen (está na hora de os ouvir)

Devo ainda e finalmente referir, que nem os autistas nem seus familiares, pretendem de solidariedade fotográfica, apenas o reconhecimento dos seus direitos com a dignidade e o respeito que merecem.
Coisa que ainda não acontece em muitos locais do planeta, consciente dos meus direitos e deveres,lutarei até exaustão pelos direitos do meu filho na integração e reconhecimento da sua condição particular ,senão for aqui ,será em qualquer outro lugar.
E embora muito cansada este ano percorri centenas de kms na divulgação desta causa e ainda que viesse uma só pessoa teria valido a pena, para nós todas as pessoas contam sem disprimor para nenhuma desde o jardineiro ao doutor.
Sejam curiosos, procurem mais informação.
Mais uma vez, obrigado a todos

Para resumir e que melhor do que eu, e que voz dele chega concerteza mais longe. Vou ler a mensagem :
Do Sr: Secretário-Geral das Nações Unidas Ban Ki-Moon para o Dia Mundial da Conscencialização do Autismo, a ser comemorado em 2 de Abril:
2ª, parte do discurso aqui

6 comentários:

São disse...

Sem dúvida que é muito meritório todo esse seu esforço, mIna, e que resultará de certeza, mais tarde ou mais cedo.

Desculpe a indiscrição, mas só tem o Bruno?

meu abraço para vós.

Fê-blue bird disse...

Prima:
Tal como todos os puzzles, só a união de todas as peças pode dar um bom resultado final.
A sua luta é meritória e sei que não vai desistir até alcançar o que pretende.
Bem haja por ser quem é!


beijinhos

Mina disse...

São

Chego a ter dúvidas, se o esforço valerá a pena.
Mas o não fazer nada ainda seria mais inglório, assim pelo menos semeia se, pode ser que dia a semente se espalhe...

Temos uma princesa, mais nova que o Bruno, e o mundo também não se me afigura fácil para ela.

Bjinhos e bom domingo

Mina disse...

Prima Fê

Algumas peças, vão se encaixando mas falta tanto para completar o o puzzle, que Deus me dê vida e saúde, para conseguir mos organizar e encaixar todas as peçinhas nos devidos lugares,
temo muito que isso não venha a acontecer.

Bjokas e bom domingo

AvoGI disse...

Aos pouco as peças encaixam tal qual uma roda dentada
kis :=)
já se faz mais do que se fazia
lentamente muito lentamente mas um passo de cada vez
kis .=)

Mina disse...

Avogi

Demasiado lento, para os nossos desejps e as nossas necessidades, já andamos de cavalo para burro.
E agora estamos na fase da estagnação, é complicado se ainda só vamos na desmistificação...

Bjocas