Mãe e filho de mãos dadas trilhando os caminhos do autismo/asperger.
Numa partilha intimista e de coração aberto em sonhos e desalentos, numa vida vivida...
Ter um filho asperger não é o fim do mundo, mas o princípio de uma nova vida...
Valorizando os afectos...

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Caminho Azul 1



Porque as perturbações do espectro do autismo, não se esgotam,num dia, embora estas imagens tenham sido captadas no dia 1 de Abril.

Porque concencializar não é só vestir de Azul( esta foi a primeira parte do discurso)

Em primeiro lugar agradeço a todos a vossa presença
E a participação neste Caminho Azul, para conscencialização e sensibilização para o autismo.
Sensivelmente à mesma hora e neste mesmo dia estão decorrer várias caminhadas no nosso país, e por todo Mundo realizam-se caminhadas desde a Austrália ao Brasil.
Aahahahah espero que não caminhem tanto, mas o que é um facto, é que quer os autistas quer os seus familiares são obrigados a percorrer longos caminhos.

Há um outro movimento convergente "light it up Blue" foi sugerido às autarquias que iluminassem um edificío público ou monumento, no nosso Distrito temos o Castelo de Leiria,
Já fora do distrito o Municipío da Azambuja está de 30 a 2 de Abril com o edifício dos Paços Concelho iluminado, e o porquê de referir este municipío é que desde inicio e já lá vão alguns meses tem sido sensível e solidário com a nossa causa, nos tem acolhido em casa num projecto de inclusão e educação, e amávelmente acedeu a mais esta solicitação .

E porquê viemos de AZUL , perguntaram vocês!?

O Azul foi a cor escolhida por se tratar de uma disfunção que afecta mais o sexo masculino na proporção 4 homens para 1 mulher.

O autismo é uma disfunção global do desenvolvimento) que afecta as capacidades de comunição e sociabilização.
È um espectro e tratando-se de um espectro não é linear varia de pessoa para pessoa pode ir de ligeiro ( sindrome de Asperger) a severo(clássico) habitualmente sem linguagem oral, nalguns casos com e défice cognitivo.

O Porquê de ser necessário conscencializar, para esta perturbação!

Porque ainda existe muito desconhecimento,preconceito, discriminação, não está na cara, muitas vezes estes individuos são considerados pessoas estranhas , para muitos mal educadas e ausentes do planeta terra, são tudo atribuições que lhes são conutadas, mesmo na politica o termo autismo é usado com sentido pejorativo de pessoa "ausente".
Não davam defenitivamente para a politica, e quem faz essa comparação é insultuosa, para o autista.

4 comentários:

Grilinha disse...

Quando não estamos informados sobre os assuntos podemos cometer injustiças tremendas. Eu sei disso. Por isso, é bastante importante desmistificar e apresentar os factos. Contigo aprendo sobre o que é SA e mesmo assim, também sei que cada caso é diferente. Cada um é aboslutamente único, especial e precioso. Se não for a família a mostrar e esclarecer, poucas pessoas o farão...
Parabéns pela tua parte do trabalho !!! Bjinhos.

Mina disse...

Olá Grilinha

Infelizmente ainda tem de ser os familiares a "educar" a sociedade ou tentar, muitos acabam por se "recolher", outros cansados retiram-se.
Algo que devia fazer parte da educação civíca o conhecimento e o convivío com diferença , passa-lhes indiferente, todos se esquecem se que todos somos potenciais "deficientes".
Pelo menos fiquei agradavelmente sensibilizada que nesta acção onde consegui reunir um grupinho considerável e isto sem apoios nem sequer das instuituições que deveriam zelar pela diferença ( triste), mas a cerca de uma centena de pessoas que consegui cativar a estarem neste caminho estiveram de facto atentas, e que esta informação se espalhe...
Bjokinhas

Fê-blue bird disse...

Prima:
lamento muito não ter estado presente fisicamente, mas sabe que estive de alma e coração.


beijinhos

Mina disse...

Prima Fê

Todos estivessem interessados en conhcer e estar informados como a prima, não haveria necessidade de caminhos nem caminhadas nem percursos tão longos, para estas pessoas e seus familiares.
A prima deu o seu coração e passarinho azul...
Obrigada, por estar sempre ao nosso lado...
Bjinhos