Mãe e filho de mãos dadas trilhando os caminhos do autismo/asperger.
Numa partilha intimista e de coração aberto em sonhos e desalentos, numa vida vivida...
Ter um filho asperger não é o fim do mundo, mas o princípio de uma nova vida...
Valorizando os afectos...

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

"Ao retardador"

Passeamos à tarde com uma amiga!!!
Mandam as regras da boa educação dar a salvação a quem se cruza connosco...
Boa tarde (dizia-mos a quem passava)
O Bruno dizia Boa tarde ( em tom baixo+ou-pensamento), a seguir Boa tarde em (tom alto), que isto de repetir sempre se têm a garantia de se ser ouvido:-)
Ou talvez não!!!?
Porque a 2ª. tentativa já as pessoas vão mais longe...

6 comentários:

Fê-blue bird disse...

Prima:
Claro que às vezes deve ter alguns dissabores por as pessoas não lhe responderem à saudação.
beijinhos aos dois

Mina disse...

Prima
Não!!! ele não liga a isso, é uma espécie de regra elementar eheheheh
Tanto que ele só diz depois de nós dizer-mos :-)
E mesmo quando a iniciativa do cumprimento parte do outro, ele ainda leva algum tempo a processar e a responder, pode a pessoa já nem ouvir:-)
bjinhos

Grilinha disse...

Olá Mina...bem, isto dos cumprimentos tem que se diga...ehehe

Faz bem dizer só depois dos outros...pelo menos não leva os tais dissabores.

Beijoca

AVOGI disse...

a vida corre tao depressa e tao abstracta que nem ouvimos nem vemos ninguém. nfelizmente é o pao nosso de cada dia
kis :=(

Mina disse...

Grilinha
Bem aparecida rapariga:-)
Está em desuso usar-se a salvação, até se olha p'ro chão p'ra não se ver, e não são "Aspies"...
Mas ele lá vai entrando no ritmo embora descompassado e fora de tempo:-)
bjinhos p'ra ti e p'ro J.P.

Mina disse...

Avogi
O tempo tornou-se desculpa p'ra tudo... Somos é cada vez mais egoistas e nem conhecemos quem mora ao lado...
Viu-se na senhora que esteve 9 anos morta na cozinha, provavelmente só a senhora que deu alerta a cumprimentava...
Deviamos repensar em muitas das nossas atitudes...
bjinhos e bom fim de semana