Mãe e filho de mãos dadas trilhando os caminhos do autismo/asperger.
Numa partilha intimista e de coração aberto em sonhos e desalentos, numa vida vivida...
Ter um filho asperger não é o fim do mundo, mas o princípio de uma nova vida...
Valorizando os afectos...

quinta-feira, 26 de março de 2009

Viagem até á Guiné-Bissau

,
Eu gosto de viajar até á Guiné-Bissau, para fugir ao frio, vento a chuva, aos tornados, etc, que são cada vez mais frequentes cá em Portugal Continental.
Na minha opinião a temperatura média do planeta terra é de 10ºC. e não 15ºC., como eles dizem.
E com as temperaturas a rondar os 10ºC. que aparece chuva muito forte.
Eu gosto de viajar para a Guiné-Bissau no inverno, porque nessa altura do ano lá não chove e as temperaturas são bastante agradáveis.
Eu gosto de viajar para locais onde a temperatura não desça no inverno abaixo dos 10ºC. a mínima e a máxima não seja inferior a 20ºC.
Mas o que me preocupa mais para ir á Guiné-Bissau é a questão das vacinas. Eu li na Internet que são recomendadas sete vacinas, para ir para a Guiné-Bissau e assim fugir ao frio. Algumas das vacinas a tomar são a da malária, a da febre amarela e a da raiva, mas ainda á mais.
Como é que eu consigo levar ao mesmo tempo essas vacinas todas.
Eu queria perguntar isso á minha tia Isabel, para ficar melhor informado sobre isso.
O meu quarto aqui em casa é o mais frio no inverno, por isso eu quero ir para a Guiné-Bissau. Porque eu sei que lá não tenho frio de certeza.
Se a temperatura máxima cá em Portugal, no inverno subisse muitas vezes acima de 20ºC. eu ficaria bastante satisfeito.
É que só chove quando a temperatura mínima e máxima cá em Portugal estão entre os 5ºC.e os 20ºC. Respectivamente caso contrário chove , mas não caí chuva forte.
Eu não posso saber se gosto de andar de avião porque nunca andei e também não posso saber se gosto da Guiné-Bissau porque nunca lá estive.
Estou convencido que vou gostar e que vai ser uma experiência inesquecível...

Este texto foi escrito em 2007-Quando a tia partiu em missão

12 comentários:

BrunoV. disse...

Eu cancelei a minha viagem para a Guiné-Bissau, porque não esxitem lá condições. Muitas pessoas lá vivem no limiar da pobreza, ganham menos de um euro por dia, ganham cerca de 20 euros por mês. E lá os médicos ganham apenas 300 euros e cá o salário minimo é de 450 euros, ou seja lá um médico ganha menos que o salário minimo cá em Portugal. Lá na Guiné-Bissau mais de metade das pessoas morre antes de chegar a minha idade, eu pensava que a maioria das pessoas lá da Guiné Bissau conseguia chegar a idade que eu tenho, mas não, isto porque na Guiné-Bissau a esperança média de vida é de 40 anos. Cá em Portugal a esperança média de vida é cerca de 80 anos e cá em Portugal a Maria de Jesus chegou aos 115 anos, sendo ela a pessoa, que viveu mais tempo cá em Portugal. E o que veio a cancelar ainda mais a viagem para a Guiné-Bissau, foi o assassinio do Presidente Nino Vieira. Lá além daquilo ser um dos países mais pobres do mundo ainda lá há guerra e doenças como a cólera.

Mina disse...

Esta decisão de cancelar a viagem, é ainda oscilante, quando a saudade da tia aperta esquece, estes problemas e só se lembra do clima.
Noutro dia houve uma campanha, por cada chamada ,davam um pacote de arroz ele quiz logo ligar várias vezes, e depois dizia-me que já não havia fome ,que já havia lá o arroz.
Se nos queixa-mos das nossas condições de vida, ao olhar para este povo, nós somos ricos, até pelos calculos que o Bruno fez dá para perceber a disparidade. Claro que eles , não sabem ou não estão dispostos (alguns) a que se alterem estas condições aterradoras.
Cada reportagem que passa mais chocados vamos ficando.
Á dias eram prisioneiros amarrados pelos pés com correntes em troncos de arvores, pior que no tempo da escravatura. É caso para não ficar alheio.

Mrs_Noris disse...

É uma tristeza Mina. Não consigo sequer pensar que ainda se cometem certas atrocidades. Penso que só um grande espírito humanitário e de solidariedade é que faz alguém viajar para a Guiné Bissau. Já eu só saio da minha casa se for para melhor, isto à partida claro.
Beijinhos.

Anónimo disse...

Assinem, se assim o entenderem:

Petição para a
Candidatura de Henrique Rosa à presidência da República da Guiné-Bissau:
http://www.peticao.com.pt/henrique-rosa

Mina disse...

Noris
É preciso ter espirito de missão e sacrificío deixar o conforto do lar , as condições básicas que se tem , para embarcar nesta dávida genuína onde não há praticamente nada desde a falta de: electrecidade,saneamento básico, água potável, onde nem as condições climatéricas são assim tão boas como o Bruno as descreve, onde todos os bens essencias escasseiam , só seres humanos de expeção se aventuram a contribuir, para que algo mude naquele país.
Por isso tenho muito orgulho na minha cunhada, que diz que Deus a levou até lá, privando-a de quase tudo menos da vontade de ajudar.
Admiro muito todos estes voluntários que se entregam há humanidade.Desejo-lhes uma enorme força para resitirem a todas as condições adversas...Que valha a pena esta entrega e dedicação.
Só posso louvar, quem se dá desta maneira.
Bjocas

Mina disse...

Anónimo
Ficou registado o seu pedido.
Espero que, quer, que venha a governar o país, o faça em prol dos que lá vivem, que criem condições para todos.
Não temos nenhuma relação terrotorial com o país, apenas esta ligação afectiva, que também nos deu mais visibilidade do que lá se passa.
Que a começe já pela paz o caminho...
um abraço

Clavis disse...

Podem divulgar esta petição, de que Francisco Fadul é o primeiro subscritor?

PETIÇÃO EM PROL DA CONSTRUÇÃO DE UM ESTADO DE DIREITO DEMOCRÁTICO NA GUINÉ-BISSAU
http://www.gopetition.com/online/26953.html

Obrigado.
Rui Martins
MIL: Movimento Internacional Lusófono
http://www.movimentolusofono.org

Rui disse...

devaneios próprios de quem só olha para seu umbigo, facilmente influenciável (as presas preferidas dos politicos) e consumista puro que analisa destinos de viagens pelos folhetos da agencia de viagens,depois vai à net e acha-se devidamente informado e actualizado da realidade do pais de destino.
Pessoas que escrevem que cancelam viagem Guine Bissau por não existirem condições,pela pobreza, pela segurança não fazem a minima ideia do que escrevem! Ou entao é melhor nao sairem de casa! não vao para o algarve pois a vossa filah pode desaperecer, nem para noprte de portugal pois ainda podem ser violados, nem para lisboa pois ficam sem a carteira, etc.etc...etc...
segurança??? onde??? em lisboa? nas praias chiques de lisboa?
analisem as situações com espirito proprio e tendo com referencia quilo que vos queirem mostrar na net.

Mina disse...

Caro Rui
Bem vindo ao Aspie's blog, não sei se é leitor assíduo deste blogue, quer-me parecer que não. Senão não teria este tipo de discurso ofensivo.
Estas ligações que a internet faz de pesquisar agências de viagens e vir parar a um blogue que trata de PEA- Perturbação do espectro do autismo/Sindrome de Asperger:.
Eu explico:
Este texto foi escrito pelo meu filho, que é portador dessa Síndrome, e que não vê as coisas pelo lado que o Senhor, ou, eu vemos, como este blogue não é um blogue de promoção ou despromoção turística.
É um blogue que versa as atitudes e formas de expressão de pessoas como o meu filho, que não tem filtro, e não vêm o lado mau das coisas, são que nem "esponjas" que absorvem informação, e depois debitam sem essa intenção maldosa que o Senhor lhe pôs.
Eu sei que não é facíl entender esta patologia e infelizmente , não é só o Senhor a fazer este tipo de julgamentos, é também por isso que aqui escrevo para ajudar a compreender pessoas que vivem de forma um pouco diferente.
E mesmo o cancelamento da viagem é uma frase figurativa, que nunca houve nenhuma viagem marcada.
E se acompanhar este blogue verá, que é bem mais no sentido do clima e da parte afectiva de ter lá a tia, que fala na Guiné.
E não é uma simples família que faz ou desfaz a imagem da Guiné, se vir os Média, é esse o produto que mostram, ao qual ele não faz nenhuma filtragem.
Se reparou,escolhemos uma imagem muito bonita.
E nós até temos a nocão das dificuldades reais do que lá se passa, que a tia está lá como voluntária e o marido até é Guineense, nem que fosse só por isso. Não queremos de modo algum desprestigiar o país.
E de politica meu caro, nem falo, do que não percebo.
Desejo que para a próxima consiga ler este texto e este blogue na vertente do Autismo,que é apenas isso que nos move, e, é por haver pessoas que não conhecem que aqui andamos, a mostrar as formas de expressão do Autismo.
De qualquer das formas toda a responsabilidade é minha, que o supervisiono, e como conheço muito bem o meu filho, nunca faria a leitura que o Senhor fez. Nem ficou ofendido com o seu discurso, só quando lhe expliquei as suas intenções que ele não as percebe, mas fala e sente como a gente..
E quer queiramos quer não, esta patologia existe, e gostava que as pessoas percebessem, e se estiver interesse aconselho, a ler sobre o assunto.
Espero que tenha ficado esclarecido, e obrigado pela visita, se tiver alguma dúvida, agradeço que volte...
E peço desculpa, se de algum modo o melindramos. Como pode constatar não é essa a intenção.
Para que saiba este comentário foi escrito, pela mãe, que não deixará, que estes jovens/homens, sejam eternamente mal tratados.
Ele nunca conseguiria dar-lhe a resposta, o que torna o seu comentário mais cruel.
Mas não deixo de o entender a si por isso, até porque não é único a fazer esses juízos, vamos continuar esta missão para fazer chegar com esta missiva, ou estes filhos terão de ir parar ao "sotão" e isso eu não permito.
Um abraço

E sem quer usar as mesmas palavras ofensivas aconselhou-o a ler a apresentação do blogue que está identificado, vou colacar aqui para que não restem dúvidas:
Mãe e filho de mãos dadas trilhando os caminhos do autismo/asperger. Numa partilha intimista e de coração aberto em sonhos e desalentos, numa vida vivida... Ter um filho asperger não é o fim do mundo, mas o princípio de uma nova vida...

claudiomiro pereira dos santos disse...

ola.. morei en guine bissau durante 6 meses e parti como voluntario para costruir uma escola numa aldeia .. tive uma esperiencia que marcou minha vida.. ajudar meu semelhante... o conselho como amigo que te dou abre uma ong e ajude guine bissau...

claudiomiro pereira dos santos disse...

sou do brasil e vivo en espanha.. estive como voluntario en guine bissau trabalhei 6 meses construindo uma escola en guine bissau na cidade de ienberen en catio... meu imail claudio.mutuogold@libero.it realmente guine e pobre e dificil.. mas eles merecem que todos nos despertamos e visitamos para poder ajudar eles... porque tu nao abre uma ong para ajudar guine..

Mina disse...

Claudiomiro
Obrigado pelo seu comentário.
Mas principalmente, por essa missão tão nobre de ajudar uma população fragilizada que tanto precisa de tanta coisa.

Temos familiares que estão lá em missão à 6 anos, correndo graves riscos de saúde, mas que se mant~em no firme propósito de contribuir , para que país, crie as infra-estruturas necessárias.
Não é fácil.
Quando á interesses poderosos, que impedem esta população de viver com qualidade.
Beijinhos para si e seja sempre solidário