Mãe e filho de mãos dadas trilhando os caminhos do autismo/asperger.
Numa partilha intimista e de coração aberto em sonhos e desalentos, numa vida vivida...
Ter um filho asperger não é o fim do mundo, mas o princípio de uma nova vida...
Valorizando os afectos...

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Retratos de personagens



Projeto de voluntariado Educação/ Inclusão para as PEA ( Asperger às Claras).
Está disponível, para ir à sua Escola, lar de Idosos.
A diferença, está no modo como encaramos a diferença!
Temos disponibilizado Janeiro, para a Zona Norte , (Porto e arredores) os nossos contatos estão nesta pagina!

12 comentários:

Nina disse...

Há quanto tempo aqui não vinha!
Não li tudo, porque me deslumbrei com as fotos do Bruno, vendo-as várias vezes!
Eu não disse que tinha jeito para teatro?
Que feliz fiquei ao vê-lo!:))
um gd bji aos 2

Mina disse...

Nina

Bem vinda, bem sei que tempo é curto.

Mesmo, sem o devido apoio e um encenador à altura. têm algumas capacidades inatas, que poderia ser aproveitadas.

Tiveste mesmo que ver várias vezes, dupliquei isto, e não consegui apagar, por isso não te preocupes, não bebeste, isto está mesmo a dobrar :)

Beijinhos para ti e para o teu pimpolho

São disse...

Gostei muito de ver.

Que o Bruno não desista...e a Mina também não.

Beijinhos para vós

Nina disse...

Não me referia ao duplicado, querida Mina. Fiquei tão feliz, que vi as fotos mais do que duas vezes:))
um gde beijinho

AvoGI disse...

Adorei as estelinhas, sem falar no vídeo
kis :=)

Fê blue bird disse...

Prima, tenho a certeza que cada uma destas personagens significaram e significam muito para vós.
As imagens mostram a vossa cumplicidade e amor.
Fiquei comovida.

beijinho

Mina disse...

São

O problema, não é nenhum de nós desistir, é mesmo a falta de oportunidades, que mesmo sendo gratuito, e em tempos de crise.
Nem isso é motivo de aceitação, alguns manifestam vontade, mas depois é preciso, quase ir ao "conselho de ministros" para obter aprovação, nalguns casos nunca chega a vir, o "conselho ministros", é figurado, mas revela a dificuldade, que é penetrar no ensino nas escolas, ou mesmo nos lares, só para lhe dar um exemplo, sou eu chata que envia email's vou diretamente aos locais, para que percebam que não somos nenhuns criminosos. Se lhe disser que a grande maioria mais de 90% simplesmente ignora.
Veja qual é motivação, só mesmo amor, mas também cansa e principalmente em alguém se têm esta perturbação, precisa de mundo estruturado, não pode viver do imprevisto, tem de haver uma agenda, como funcionou com município da Azambuja.
Provavelmente, teremos mesmo de parar, não se pode obrigar, a saber quem não quer saber :(
beijinhos e obrigada pelo apoio

Mina disse...

Nina

Estava a brincar contigo :), apesar do desanimo, não podemos deixar de brincar rsss

Já não sei fazer estes slides, e quando quis editar, duplicou e não consegui apagar ( naba)Obrigada
beijinhos

Mina disse...

Avogi

Eu vi logo, que estrelinhas, era a decoração preferida da Avogi, ainda para mais estamos em época natalícia.

O slide share, ficou assim, um pouco baralhado, trabalho de uma tarde, que têm legendas e tudo, e nem se vê.

Primeiro não conseguia publicar, devem andar por aí mais dois perdidos, e a seguir duplicou...
beijinhos

Mina disse...

Prima Fê

Tenho muito orgulho, na capacidade de transformação deste rapaz, se as pessoas soubessem o quanto é importante para ele sentir a aprovação e os aplausos, o quanto esta metamorfose, pode aumentar a autoestima, dariam mais oportunidades.
Mas tem sempre o apoio incondicional e a cumplicidade da mãe, começo a achar que não posso sujeitar, a esta inconstância, e que poderemos fechar este capitulo... Nada é eterno, e partir mos para outra.

Beijinhos

São disse...

Mina , quando falei em não desistir é mesmo porque sei das dificuldades que enfrenta(m).

Lamentavelmente, as pessoas, algumas, estão tão viradas para dentro de si que nada enxergam ao redor.

A burocracia portuguesa, pois...

Beijinhos para vós

Mina disse...

São
Que se há-de fazer, é este o país que temos, nem devia andar a pedir, para ele fazer teatrinhos, é um absurdo.
Mas como ninguém se importa, tenho eu que me importar, e ser chata.

Beijinhos e bom fim de semana