Mãe e filho de mãos dadas trilhando os caminhos do autismo/asperger.
Numa partilha intimista e de coração aberto em sonhos e desalentos, numa vida vivida...
Ter um filho asperger não é o fim do mundo, mas o princípio de uma nova vida...
Valorizando os afectos...

terça-feira, 14 de agosto de 2012

"Tiveste sorte"

Na maioria das vezes o pai quando vai fazer algumas compras rápidas.
Economia e saúde é o lema.
Vai de bicicleta.
Se o Bruno estiver acordado, costuma perguntar-lhe se quer ir!
Esta manhã o pai saiu e não lhe perguntou nada, como ele tem o sono muito leve, e para além disso o portão da garagem não é nada silencioso.
Ele deu pelo pai ter saído e não o ter avisado!(ficou aborrecido)
Quando pai regressou!
-Tiveste sorte...(como quem diz fostes tão cedo que o supermercado podia estar fechado)
-Lá voltaram mais tarde a outro establecimento, só de fruta!

4 comentários:

Nina disse...

É engraçada esta capacidade que uma mãe tem de os ler nas entrelinhas.:))

Adoro o Natal, mas que demore mais um pouco.:))

bji aos 2

Mina disse...

Nina
Lool o pedido ao pai Natal, não fdoi nas entrelinhas rsss foi mesmo ele que disse da forma que escrevi.
-E se pedisse a autocaravana ao pai Natal!?( diz ele)

Já aqui no caso da ida ao supermercado é que foi uma indirecta.
Em vez de expressar o desagrado do pai ter ido, sem o ter chamado.
Foi pela via mais indirecta, que podia estar fechado:)

beijinhos

quem és, que fazes aqui? disse...


Como se dizia em Angola " Tem esperto no cabeça!"

Beijo

Laura

Mina disse...

Laura

É curioso que vai pela via mais dificíl, em vez de perguntar logo porquê que não tinha chamado:)

Beijinhos