Mãe e filho de mãos dadas trilhando os caminhos do autismo/asperger.
Numa partilha intimista e de coração aberto em sonhos e desalentos, numa vida vivida...
Ter um filho asperger não é o fim do mundo, mas o princípio de uma nova vida...
Valorizando os afectos...

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

"Dúvidas e mais Dúvidas"

Há 4 anos aquando dos anteriores jogos olímpicos o Bruno, fez um resumo da participação portuguesa nessa competição.
Este ano pedi-lhe para fazer o mesmo, fazer uma analise da nossa participação.
Perdido na imensidão de tudo querer saber, foi esta a descrição do que nos deixou, fugindo de alguma forma assunto , ou pegando-lhe de uma outra forma:)
Nada do que ele escreveu foi alterado, apenas transcrito.
Mãe Mina


Eu estou a pesquisar na internet para obter respostas às seguintes perguntas:
-Será que o país organizador dos jogos olimpícos tem automaticamente garantida a sua participação nos jogos olímpicos em todas as modalidades desportivas mesmo não conseguindo os mínimos-a)
Se eu começar por escrever que quando começaram, os jogos olimpícos poucos países estavam representados e à medida que os anos foram passando o número de atletas e a países representados foram aumentando e na primeira edição só havia representação masculina e depois nas ediçõies seguintes as provas foram-se alargando a pouco e pouco ao setor feminino
Os países que estou a pesquisar são os países Ibéricos, América Latina e Palops e talvez Guiné Equatorial , Timor Leste e Macau
A mim parece-me que isto deve ser um exemplo de comentário racista!? Se as mulheres e homens não jogam juntos os desportos, os homens obtem melhores resultados do que as mulheres,d) então também deviam os de raça negra competir em provas separadas com os de raça branca. Isto porque os de raça negra conseguem deixar para trás os de raça branca.
Ouvi dizer que há desportistas que tinham representado um país numa edição dos jogos olímpicos e representam depois outra nação, como foi o caso da cavaleira Luciana Dinis que antes de representar Portugal já tinha representado o Brasil, e o Francis Obikwelu já foi campeão mundial de júniores em representação da Nigéria antes de representar Portugal.
Com isto tudo parece-me que o Mário Jardel quando jogou futebol cá em Portugal mesmo depois de ter internacionalizações pelo Brasil podia vir depois a representar a seleção portuguesa eu pensava no seguinte: Com os golos que Mário Jardel marcava Portugal podia ser campeão da Europa ou do Mundo de futebol, isto porque quando ele jogou cá em Portugal ele marcava em média mais do que um golo por jogo chegando a fazer muitos hat-tricks isto depois do Deco já se ter naturalizado português e mais tarde o Pepe e o Liedson e parece-me que o Derlei também já representou Portugal.
Há várias pessoas que nascem num país e não tem a nacionalidade do país onde nasceram como é o caso do velejador Gustavo Lima que nasceu no Brasil e tem nacionalidade Portuguesa e o jogador internacional português Petit nasceu em Estrasburgo na França e tem nacionalidade portuguesa, o jogador de ténis de mesas Lei Mendes nasceu na China e tem nacionalidade portuguesa, a judoca Yahima Ramirez nasceu em Cuba e tem nacionalidade portuguesa, o nadador Arseniy Lavrentyev nasceu na Rússia e tem nacionalidade portuguesa etc b).
Se os atetas de raça raça negra conseguem facilmente ganhar aos atletas de raça branca como é que os Angolanos não conquistam qualquer medalha para o seu país. Mas são os Etiopes e os Quenianos que ganham as medalhas?
O meu pai respondeu-me que é o facto da Etiópia e o Quénia serem regiões montanhosas é que faz com que sejam eles a ganhar e não os Angolanos. Se fossem os Angolanos em vez dos Etiopes e os Quenianos seria melhor porque pelo menos seria um país de língua oficial portuguesa.
Eu ando a fazer downloads em português e em espanhol eu percebo espanhol e foi numa revista espanhola que eu descobri que foi no ano de 1970 que apareceram no futebol os cartões (amarelos) para castigar os jogadores, porque antigamente os árbitros simplesmente mandavam os jogadores para a rua sem mostrar qualquer cartão.
Em espanhol é: ll -> em Portugal é lh:
Ex: Sevilla -> Sevilha
Em espanhol é: ñ -> em Portugal é nh:
Ex: España -> Espanha
Miño -> Minho
Cataluña -> Catalunha
Em Espanhol: faciles- em Portugal:fáceis c)
É tão simples a língua espanhola que tal como a portuguesa também deriva do latim.
a) Como é o país organizador do campeonato da Europa e do mundial de futebol se qualifica automaticamente sem ter de disputar o apuramento, eu estou em querer que nos jogos olimpicos se passa o mesmo com o país organizador é verdade ou não?
b) eu agora gostaria de pesquisar na internet pessoas que nasceram cá em Portugal e representam outro país que não o nosso.
c) Eu gostava de pesquisar quem foram todos os desportistas que já representaram os países de lingua oficial portuguesa e espanhola em todas as olímpiadas.
d) Eu parece-me que à modalidades desportivas como é o caso do hipismo e também há uma competição de pares mistos com um casal em cada lado onde os homens e as mulheres realizam as prova juntos sem haver provas para homens e mulheres separadamente.
Bruno. V. Agosto 2012


4 comentários:

São disse...

Gostei, até porque põe algumas questões pertinentes.

Um abraço para ambos

Mina disse...

São

Muitas questões, de dificíl resposta...
Vistas por um "aspie" sem filtro social, que para quem não lida e não conhece estas abordagens as pode considerar "racistas", quando são apenas observações que vê na pratica...

Beijinhos

Nina disse...

Tantas questões às quais me seria difícil responder.
Qual é o teu segredo para o orientar, Mina?

bji aos 2

Mina disse...

Nina

Não tenho varinha mágica, deixo fluir, não consigo resolver todas as questões, porque não dependem de nós, tento dar-lhe exemplos de forma a que perceba, alias ele referiu um dado pelo pai:)

Beijocas