Mãe e filho de mãos dadas trilhando os caminhos do autismo/asperger.
Numa partilha intimista e de coração aberto em sonhos e desalentos, numa vida vivida...
Ter um filho asperger não é o fim do mundo, mas o princípio de uma nova vida...
Valorizando os afectos...

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Para uma Mãe


Foi no dia de Natal que Deus te presenteou.
Com um menino Jesus, lindo, loirinho, de olhos azuis.
Mas que bebé mais lindo...
Que fez de ti uma pessoa ainda melhor.
Este bebé especial veio pôr à prova todo o vosso amor.
A tua dedicação, empenho, luta e sofrimento...
Foram também, para mim, uma lição de vida.
Aprendi o quanto sou "pequenina".
O quanto a maior parte das nossas vidas é insignificante.
Perante o verdadeiro amor de um filho, que pode até nem falar.
Em ti, vi um verdadeiro exemplo de uma mãe abnegada.
E agora ao passar por aqui, pela blogosfera, por outras mães especiais, revejo-as em ti.
Lembro-me sempre de ti...
O teu mimar o Vasquinho, o dar-lhe a papinha, o banho, o vestir o teu bebé grande, como lhe chamavas...
Os cuidados constantes com a saúde, e tantos sustos inerentes à sua condição.
E eu tive o privilégio de conhecer, esse bebé lindo e mesmo estando pouco com ele, era sempre presenteada com aquele belo sorriso franco e doce.
Foi um anjo que desceu à terra.
Os anjos não morrem e ele só veio enriquecer-te enquanto mãe e pessoa.
Ninguém fica igual quando conhece um bebé lindo...
Sempre que vires aquela estrela a brilhar, é a luz divina que te está a iluminar...

É uma pequena homenagem a uma mãe "Maria", tal como a mãe de Jesus...
E que dedico a todas as mães destes anjos especiais, neste dia.

9 comentários:

Atena disse...

Lindooooo... e que "curta" me soa esta palavra para designar o que esta mensagem me transmite. O meu menino também é Vasco... O meu anjo, que tanto me tem ensinado!
Grande abraço e até breve

Mina disse...

Atena
É, impossível ficar indiferente a quem nos dá tanto, sem pedir nada em troca.
Estes meninos especiais, fazem também com que o pais se transformem e lutem arduamente para lhes dar bem-estar...
Quando eles nada pedem, nada reclamam.
Eu fico sempre demasiado emocionada, quando toco neste tema, e este belo menino de oiro, já é uma estrela no céu, que passou por cá para nos ensinar, o verdadeiro sentido da vida.
"Que não é a roupa da colega, ou o carro do vizinho que importa"
Os filhos são o que dá verdadeiro significado á vida...
Bjocas para si e para o Vasco

Margarida disse...

Mina
De si, acho que só poderia vir uma mensagem destas neste dia especial.
Voçê mereçe-a mais do que ninguém, mãe guerreira.
Espero que o Natal tenha corrido bem. Não abusou nos doces, pois não? (ihihih!)
Fique bem.
Bjs

Mina disse...

Margarida
Obrigada , pelo elogio, mas não é de todo para mim, embora eu faça o que posso e não me excluo destas mães especiais.
Sinto que outras mães têm um percurso ,muito mais sofrido do que o meu, como é o caso desta mãe que tinha de alimentar o filho, mudar fraldas,endireita-lo na cadeira, dar-lhe banho, transporta-lo ao colo quando ele já pesava bastante, mas para estas mães tornam-se leves. Crises respiratórias e outras que estas mães conseguem controlar com alguma tranquilidade, porque reconhecem nesta simbiose mãe filho.
Eu sou uma previlegiada, o meu filho só precisa de quem o oriente, o que também não é qualquer um que consegue essa empatia...

Ah! doces, além das azevias, foi só mais uns coscorões, tudo feito por mim, que eu não gosto cá dos muito gordurosos( são light) rsss.
A tarde da véspera de Natal, passei literalmente com as mãos na massa, rssss
bjocas

Mina disse...

Neste Natal presentei-me a mim mesma com o livro do Dr Nuno Lobo Antunes "Mal Entendidos"...
Já o tinha começado ler como é evidente pelo capitulo que me diz mais respeito a Síndrome de Asperger.
(depois embrulhei para abrir dia de Natal kkk)
Para mim, o que trouxe de novo foi o inventário (um questionário que ajuda a fazer o diagnostico).
O restante a maioria do que li, já tinha conhecimento através de palestras do Dr. Nuno,que dá exemplos de vários casos e várias vivências.
A maioria das situações conheço-as na prática, tanto que costumo dizer que o Dr têm a teoria, e eu, e outros pais temos a prática...

Passado esse capitulo que tinha de mencionar como referência.
Comecei a ler o livro de principio, embora este livro não tenha essa vertente, podesse começar a ler em qualquer parte.

Mas este inicío, que só comecei hoje , mostra me um homem sensível, a quem me parece que as suas princesas(dele)lhe "amoleceram", o coração se é que já não tinha, isto é só a minha leitura das primeiras páginas, que virou "pai galinha", a experiência e a idade também nos dão outra leitura da vida, ganhamos tempo,isto são ilações minhas...

Isto tudo para chegar ao tema deste post e referir umas partes do livro:Numa retrospectiva do livro "Sinto muito".

"Assim como Cristo salvou o homem com o seu sacrifício, também a mãe,com idêntica abnegação e devoção será capaz de modificar o destino do seu filho, através de forças que a ciência desconhece ou não leva em conta".

" O milagre do amor permanece sempre, tão mais notável quando uma criança mesmo «deficiente», desperta sempre uma ternura facíl".

"Seria tolice imaginar que é bom ter um filho deficiente, mas que pense duas vezes quem julgue poder determinar, com saber e autoridade, que vida merece ser vivida".

Poderia continuar a citar frases do livro, mas não faz muito sentido. Até porque todas elas estão inseridas num contexto que assim as pode desvirtuar.
Trancrevi estas por achar que fazem, muito sentido mesmo fora de todo o texto, valem por si só, na minha opinião.

AVOGI disse...

Olá. Obrigada pelos votos de bom natal. ESTE TEXTO ESTÁ DIVINAL. vai ter de me explicar o que são azevias e coscoroes.kisses

Mina disse...

Avogi
Com direito a post e tudo rsss
bjocas

Margarida disse...

MIna
Passe no meu cantinho. Tem lá um desafio. Boa sorte.
Bjs

Mina disse...

Margarida
Em 1º. lugar obrigada, por se lembrar de mim e estar presente neste blog de partilha e divulgação da Síndrome de Asperger, e noutros temas triviais do nosso dia-a-dia.

Em relação ao desafio,e não gostando de ser "desmancha prazeres", vou ter de o ser para ser coerente comigo. Não fujo aos desafios, tanto que lhe irei responder aqui, não farei post nem convidarei outros, por duas razãoes:
1ª-Estes desafios fazem-me lembrar as vendas agressivas, de forma a criar pirâmides.
2ª.- A pirâmide repetir-se-ía muitas vezes com as mesmas pessoas( eu por exemplo desafiaria quem me desafiou, e outros que já estão desafiados rsss)

No entanto não fujo ás questões, e ando aqui há procura de algumas manias, feitios ou defeitos.
1º- O ser sempre directa e franca( nunca com intenção de magoar, mas não consigo esconder os sentimentos).
2º-Ter a mania de querer ajudar os outros ( ás vezes " lixo-me" kkk)
3º-Essa mania de deixar as camas feitas e a cozinha arrumada, aquando saio de casa lool deve ser " tara feminina" kkk e de pensar que não sei se voltarei é " estúpido" rsss, também senão voltar o que que interessa ter as coisas arrumadas rsss.
4º-Também o sair de casa e verificar se está tudo fechado água, luz, gaz , janelas , portas (se for preciso várias vezes), e ainda ir no carro a pensar se me esqueci de alguma coisa.
5º-O sentido de humor é essencial ( adoro estar com pessoas gralhas como eu, o difícil é saber quando fala cada uma kkk), e claro bem dispostas.
Muitas mais terei, mas agora não me lembro rsss
bjocas