Mãe e filho de mãos dadas trilhando os caminhos do autismo/asperger.
Numa partilha intimista e de coração aberto em sonhos e desalentos, numa vida vivida...
Ter um filho asperger não é o fim do mundo, mas o princípio de uma nova vida...
Valorizando os afectos...

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Observações!!!


Mudam-se os tempos, mudam-se os diagnósticos!!!

Que me diriam se actualmente, numa ficha de inscrição, fizessem estas!!!
Observações:Dificuldade de comunicação e contacto com os outros, parecendo não entender o que lhe é explicado, tendo no entanto um grande poder de memorizar e repetir continuamente o que lhe é transmitido.

Pois estas observações foram escritas na ficha de inscrição do meu filho p'ra entrar na infantil. normalmente é um espaço que deixa mos em branco, mas que eu na época resolvi preencher, decorria o ano de 1989 tinha ele então 4 anos escrevi textualmente o que transcrevi no parágrafo anterior...

6 comentários:

Mrs_Noris disse...

São observações importantes. Quando o meu filho mudou de escola fiz, dirigida à professora, uma cartinha de apresentação com as principais características/dificuldades/excentricidades. De início ficou assustada, confessou, mas ainda há dias me disse que foi muito bom saber de antemão sobre as principais características do meu rapaz.
Aconselhou-me a fazer o mesmo quando entrar no 5.º ano, mesmo não necessitando de apoio do ensino especial. Isto sem mencionar diagnósticos, que já os tem para todos os gostos no processo individual.
Beijinhos, Mina.

AVOGI disse...

é sempre bomvir aqui assistir a esta frontalidade com os comportamentos, é assim mesmo nada como dizer a verdade
kis :=)

Fê-blue bird disse...

Prima:
Acho estas observações muito importantes, mas depende depois como são interpretadas e avaliadas.
Ando com muita falta de tempo para estar aqui, mas sempre que posso venho lhe dar o meu
Beijinho

Mina disse...

Noris
Eu penso que estas informações podem aajudar, desde que as saibam ler e interpretar, mas também podem causar esse receio do desconhecido... Embora eu ache que seja sempre melhor estar preparado do que ser surpreendido...
Na altura em que ele for p'ro 5º. ano, logo vês as dificuldades que ele manisfesta e quais indicações que podes dar, não me parece que os diagnósticos ultrapassados tenham interesse , a não ser criar confusão e eu que estou longe e não sou técnica de nada. já acompanhei o crescimento do M, que teve uma evolução estrondosa...
bjinhos

Mina disse...

Avogi
Aqui, nunca fica nada na manga!!! desde sempre...
Mas algumas vezes sofremos dissabores por esta frontalidade, desde sempre os meus pais me educaram a não mentir e o meu filho, veio fixar ainda mais esse jogo da verdade, que algumas vezes não é o socialmente pretendido... Temos pena!!!
bjinhos

Mina disse...

Prima Fê

Obrigada, pela visita sempre tão prazeirosa, e com reflexões tão sensatas...
O Problema não é de quem escreve, mas de quem não sabe ler...
bjinhos