Mãe e filho de mãos dadas trilhando os caminhos do autismo/asperger.
Numa partilha intimista e de coração aberto em sonhos e desalentos, numa vida vivida...
Ter um filho asperger não é o fim do mundo, mas o princípio de uma nova vida...
Valorizando os afectos...

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Conferências Son Rise


Raun Kaufman - a primeira criança autista recuperada com o método SON- RISE, estará em Portugal para uma serie de conferências onde ira partilhar a sua história, falar sobre o método SON-RISE e dar algumas técnicas para trabalhar com crianças autistas. Serão 2h e 30 minutos de intensa partilha de informação, onde haverá também tempo para Perguntas e Respostas! Assim, convidamos todos aqueles que estejam interessados em saber um pouco mais sobre o método SON-RISE e a história de Raun Kaufman para dia 2 de Julho
no auditório 2 da Fundação Calouste Gulbenkian a se juntarem a nos nesta fantástica experiência.
Sessão as 10H e ás 16H
Agradecemos a comparência no local com pelo menos 30 minutos de antecedência.
Os lugares são LIMITADOS pelo que solicitamos um pre-registo.
Para reservar enviem um email para:
registo@vencerautismo.org

Entre as duas sessões- Confraternização conferência Son Rise!
Basta aparecer!!!
Sábado, 2 de Julho · 13:00 - 15:30
Local-Jardins Calouste Gulbenkian- Lisboa


Haverá também conferências no PORTO
Segunda-feira, 4 de Julho · 19:00 - 22:00
Local - Faculdade de engenharia do Porto
E Conferência em Madrid
Local: Escuela Universitária de Estudios Empresareales de la Universidad Complutense de Madrid Hora: Quarta-feira, 6 de Julho de 2011 19:00

4 comentários:

Estrumpfina disse...

Mina,

Estava com o tempo muito apertado mas ainda andei à vossa procura pelos jardins da Gulbenkian só para dar um beijinho. Não encontrei ninguém :(

bjs

Mina disse...

Andreia!!!
Oh!!! Nós chegamos às 12:30, de-mos a volta ao parque encontramos na ponta o marido da Dulce com as cadelas e a Leonor e o marido. Fui só buscar os mimos do Miguel ao carro da Ana Luísa e às 13, já estava no local das merendas, junto ao lago;)
Ainda estivemos um grupinho simpático, incluindo o Raun que se juntou ao nosso pic nic.
Onde fui presenteada pelos pombos:-)Foi uma animação:D
bjinhos

Estrumpfina disse...

Oh bolas!

Confesso que não conheço aquele jardim e não fazia idéia que havia um local de merendas que era o ponto de encontro. Tola, tola.

E que tal o Raun? Como é que ele pode ter sido autista? Pergunto-me se, para além de ter um comportamento normal, ele sente no seu modo de ser, pensar, algum traço autista...

bjs

Mina disse...

Andreia
Eu também não ia ao jardim desde os tempos de estudante:-)
Desloquei-me lá umas semanas antes do evento, par defenir o local...
Quanto ao Raun, gostei muito da oratória e do sentido de humor com traços de representação.
E as dicas que deu da forma de chegar à criança utilizei algumas intuitivamente... Não é fácil e é preciso muito trabalho e muita insistência.
Quanto a ter sido ou não autista, não tenho essa capacidade de avaliar.
Contrariamente ao meu filho que não era e agora é ( claro que sempre foi e nós sempre soubemos) não eramos médicos, apenas pais:-)
bjocas